H avia um muro no meio do caminho Havia um corpo estendido no chão Era o princípio do fim da picada Era o reverso da estra...

Dante Filho: Drummundo

/
0 Comentários


Havia um muro no meio do caminho

Havia um corpo estendido no chão

Era o princípio do fim da picada

Era o reverso da estrada no meio do nada
e da amplidão.

Havia um anjo torto no cimo, no tortuoso dorso de pedra

Caído em desolação

Arrastando-se feito gauche no topo da serra

 Clamava de joelhos por Vida eterna e pedia não

Queria só o abraço da vastidão do mundo 

Pouco do que avistava sua visão

Queria tudo queria o mundo  

Mas seu nome  não era Raimundo





Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.