O amor é piegas A poesia de amor tem essa biologia trêfega As cartas de amor são ridículas A paixão dura o instante do zap As pala...

O amor é isso que você está vendo

/
0 Comentários

O amor é piegas
A poesia de amor tem essa biologia trêfega
As cartas de amor são ridículas
A paixão dura o instante do zap
As palavras assumem sua antropofagia trágica
Te amo
Não te amo
O desejo de querer o indizível
O beijo roubado
Os corpos arfantes
A dor invisível dos alfinetes
O dicionário inesgotável de cenas patéticas
Os movimentos ensaiados da pantomima lírica
Mas o amor é isso que você está vendo: 
Te amo
Te odeio
 A gente se vê por aí 
Dou um like depois



Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.