A arte é toda Parte É lugar nenhum; É toda sorte Um corte O m ovimento elétrico Que se dissipa No ponto escuro De si mesmo...

Poema: Meu norte meu corte

/
0 Comentários
A arte é toda
Parte
É lugar nenhum;
É toda sorte
Um corte
O movimento elétrico
Que se dissipa
No ponto escuro
De si mesmo: 
meu 
Eterno norte



Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.