Mais um poema inédito publicado pelo blog: Os gaviões de Brasília Uma visão do futuro: N o vôo raso do gavião Que circula Os ed...

Os gaviões de Brasília

/
0 Comentários

Mais um poema inédito publicado pelo blog:

Os gaviões de Brasília

Uma visão do futuro:

No vôo raso do gavião
Que circula
Os edifícios com a rapidez límpida
das asas vergadas

(Exibindo um desafio diagonal
em direção ao solo)

Imagino a dimensão insignificante
Do espaço em que lanço 
meu olhar atônito
dessa janela.

O cenário é insólito:
A esplanada dos ministérios está em chamas



Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.