O governador Reinaldo Azambuja confirmou  que Rose Modesto não retomará o comando da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistênc...

Reinaldo define para Rose papel de boneca decorativa

/
0 Comentários

O governador Reinaldo Azambuja confirmou  que Rose Modesto não retomará o comando da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho  (Sedhast), de onde se desligou momentaneamente para disputar a Prefeitura de Campo Grande. 

Foi uma decisão pessoal de Azambuja. 

A interina Elisa Cleia Pinheiro, seguirá no cargo como titular.  

O governador deu uma explicação protocolar para tirar Rose de onde ela gostaria de ter ficado. Ele explicou que precisará dela de agora em diante para substituí-lo em eventos de representação quando ele não puder comparecer. 

No fim do ano, por exemplo, quando ele sair de férias, Rose terá que ficar no lugar dele "administrando" o Estado.

Quis convencer o público de a sua Vice está valorizada. 

A verdade é outra. Rose confidenciou tempos atrás para amigos que precisou "peitar" Azambuja para ser candidata. 

Esfregou coisas cabulosas na cara dele. Em duas ocasiões, as reuniões ficaram tensas. Teve gritos, choros, ameaças e quase (quase) agressões corporais. 

O deputado Rinaldo Modesto era um dos participantes desses encontros. 

Durante a campanha, Rose usou e abusou do cadastro da Sedhast para ameaçar gente pobre a votar nela. 

Afirmou que havia atendido mais de 1 milhão de pessoas com benefícios sociais. Toda base de seu marketing foi seu trabalho na secretaria. 

Não deu certo. 

Agora, o passado está cobrando seu preço. 

Rose foi "promovida" a ser uma boneca decorativa. O governo vai tentar disfarçar. Mas no final é isso. 


Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.