Reportagem bem amarrada e fartamente documentada, de autoria do jornalista Adilson Trindade, na edição do Correio do Estado desta terça...

A vitória de Ruiter em Corumbá reverte-se em derrota moral do PSDB

/
0 Comentários

Reportagem bem amarrada e fartamente documentada, de autoria do jornalista Adilson Trindade, na edição do Correio do Estado desta terça-feira, mostra que a vitória de Ruiter Cunha pode se transformar numa derrota moral do PSDB no município. 

O candidato tucano, egresso do PT, que disputou eleição com o atual prefeito Paulo Duarte (ex-PT), hoje no PDT, foi considerado, no primeiro momento, como fruto de uma jogada de mestre da cúpula da governadoria. 

Ruiter virou um troféu do tucanato, mostrando que a filiação, articulação e alianças do PSDB em Corumbá configurou-se acertada, um verdadeiro sucesso da habilidade e clareza política do partido. 

A alegria parece que está durando pouco. Ruiter pode nem tomar posse como prefeito eleito, visto as evidências mais do que comprovadas de fraude eleitoral com os votos de eleitores residentes na Bolívia, nas localidades que ficam do outro lado do rio Paraguai. 

Mesmo que Ruiter consiga ultrapassar a barreira da investigação e ser diplomado não há dúvida que se trata de mancha no currículo de um partido que defende a ética e a lisura eleitoral.

A reportagem do Correio do Estado revela a maneira pouco cuidadosa - e até arrogante, para dizer o mínimo - de Ruiter e do vereador Irailton Oliveira Santana ( o Baianinho) na compra de votos, que chamou a atenção da Polícia Federal, que passou a monitorar os passos do candidato e da coordenação da campanha. 

Noutras palavras, a ganância pelo poder rendeu seu tributo ao espalhafato.

O quadro é constrangedor para o PSDB regional. Até o momento ninguém comentou o assunto: nem o governador, nem Márcio Monteiro (presidente da legenda) e nem Sérgio de Paula, tido como inspirador e operador desse modelo grosseiro de fazer política no interior (na Capital ele foi rechaçado pelos coordenadores de Rose Modesto). 

Aguardam-se agora os desdobramentos dos fatos. 

Mesmo assim, a situação é desabonadora para o tucanato estadual. 





Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.