Imagino que o prefeito Alcides Bernal esteja aborrecido. Afinal, sua bola passou raspando na trave no primeiro turno eleitoral. É i...

Tá na hora de Bernal sair da toca

/
0 Comentários

Imagino que o prefeito Alcides Bernal esteja aborrecido. Afinal, sua bola passou raspando na trave no primeiro turno eleitoral. É inegável que ele fez uma campanha correta e mostrou que tem tutano popular. 

Parcela ponderável da nossa classe política o dava como morto e enterrado. 

Ele mostrou - e quase convenceu - que foi impedido de administrar a cidade por um bando de sicofantas. Por isso, pediu à sociedade quatro anos inteiros para provar sua capacidade. 

A cidade quase aceitou sua tese. Faltaram míseros votos para ele ultrapassar a barreira necessária para ir ao segundo turno. 

Agora, o prefeito tem uma segunda chance. Ele deu um passo importante. Ultrapassou toda sua mágoa e decidiu apoiar Marquinhos Trad. Sinal de grandeza. 

Acredito que suas razões sejam de ordem política. Não vejo, sinceramente, Bernal barganhando cargos para si e seus apoiadores. Se fosse assim, mais vantajoso seria ficar com Rose/Azambuja. Uma questão de lógica. 

Bernal pode ser teimoso, personalista, indeciso, mas não é idiota. Ele tem aquela intuição dos sobreviventes. Por isso, sabe que caminhar com o PSDB nesse momento seria sua ruína. 

Depois de deixar o mandato, caso Rose chegue ao poder, ele será patrolado pela máquina do poder. 

O apoio a Marquinhos não tem nada de oportunismo e tem tudo de cálculo político. 

Mas Bernal - mesmo tendo formalizado apoio ao candidato do PSD - parece relutar a abraçar como sua a candidatura de Trad. Enquanto isso, ele vem sendo massacrado pelo equipe de Rose/Azambuja. 

Mais um pouco, o que poderia ser seu legado, será esmigalhado pelo marketing destrutivo da campanha do PSDB. 

Está passando da hora de Bernal chacoalhar a poeira, sair da toca e dar a volta por cima.  





Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.