O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública, fez publicar hoje na imprensa local informe publicitário com 4 páginas ...

Segurança pública de fantasia

/
0 Comentários

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública, fez publicar hoje na imprensa local informe publicitário com 4 páginas inteiras mostrando os últimos investimentos feitos no setor. 

Coisa de Estado rico, que tem dinheiro sobrando.

São veículos, armamentos, equipamentos, enfim, recursos que melhorarão um setor considerado nevrálgico e que tem sido apontado pela sociedade em inúmeras pesquisas como um dos problemas mais graves de nossa realidade. 

Não sabemos quanto custou essa brincadeira publicitária (o governo devia nos informar numa nota de rodapé do material), mas somente pessoas de muita boa vontade poderão crer que a criminalidade e violência urbanas  ficarão melhores daqui pra frente. 

Reparem: num dos jornais diários da Capital que ostentou o recheio do material positivo do Governo deu como manchete que "Acidentes de trânsito deixam 4 mortos" nesse final de semana em Campo Grande. 

Secretários de Segurança oriundos da classe política, como é o caso de José Carlos Barbosa, o Barbosinha, imaginam que esse tipo de iniciativa - com a correspondente fantasia midiática - resolve o problema de segurança pública. 

Ele sabe que não. Trata-se apenas de se desobrigar institucionalmente e ficar bem na fita com o governador, sem que isso represente qualquer compromisso efetivo com a resolução de problemas. 

Infelizmente, a criminalidade e violência tendem a crescer, pois as ações do Estado seguem a chamada "velha política" (argh!) de aplicação de paliativos pontuais para questões de abrangência multifatorial. 

Mas quem liga para isso? O governo quer mesmo é gastar com propaganda. O resto, bem, o resto é o resto... 


Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.