( Reparem na legenda da primeira notícia sobre pesquisa Ibope) Há uma onda de informação e contrainformação de pesquisas de opini...

Ibope, Globonews, Tatá Marques e Governo criam confusão midiática com pesquisas

/
0 Comentários

( Reparem na legenda da primeira notícia sobre pesquisa Ibope)


Há uma onda de informação e contrainformação de pesquisas de opinião espalhando-se por Campo Grande desde ontem.

A campanha de Rose Modesto - conforme foi adiantado pelo blog no começo da semana - adotou como estratégia a difusão da ideia de que a disputa estava empatada.

Fora desse universo, as redes sociais encetam a campanha mais suja e controversa de todos os tempos.

Primeiro, difundiram uma pesquisa falsa mostrando que Rose havia passado à frente utilizando o apresentador Tatá Marques. O mercado publicitário e jornalístico da cidade está perguntando até agora quanto isso está custando para o Governo.

Desde ontem, a pesquisa Ibope divulgada pela Rede Globo tem gerado mais confusão do que esclarecimento. No programa Globonews em Pauta o jornalista Gerson Camarotti apresentou os números: Marquinhos 55% e Rose 37%. Uma diferença de 18 pontos. (veja foto).

Minutos depois, em outro programa a jornalista Renata Lo Prete, já mostrava outro resultado. Marquinhos 55% e Rose 45%. Diferença de 10 pontos.




(O que aconteceu com a notícia anterior? A Globonews e o Ibope alteraram os números?)

No site G1 a divulgada a mesma informação, desconsiderando a notícia dada anteriormente. O Ibope não esclareceu a confusão.

Mais tarde, posts no whatsapp, começaram a mostrar gráficos falsos, inclusive mostrando uma pesquida do Datafolha em que havia empate entre Rose e Marquinhos. O Datafolha não realiza pesquisa na Capital de Mato Grosso do Sul.

No final da tarde o site Midiamax divulgou pesquisa mostrando Marquinhos com 58,9% e Rose com 41,1%. Diferença: 17,8 pontos.


A confusão midiática é tanta, com números controversos e especulações infundadas, que o Jornal Correio do Estado decidiu antecipar em seu site há poucos instantes a publicação de pesquisa que, tradicionalmente, publica no dia da eleição.

A do Ipems do segundo turno, indica Marquinhos com 60,17% das intenções dos votos válidos e Rose com  39,83%. A vantagem de Marquinhos seria de 20,34 pontos porcentuais.



Enfim, somando todos os levantamentos relevantes das últimas 48 horas, a hipótese mais provável é a vitoria do candidato do PSD, Marquinhos Trad


Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.