Os três senadores de Mato Grosso do Sul, Pedro Chaves (PSC), Waldemir Moka (PMDB) e Simone Tebet, votaram a favor do impeachment de Dilm...

Senadores de MS votam contra orientação de Renan

/
0 Comentários

Os três senadores de Mato Grosso do Sul, Pedro Chaves (PSC), Waldemir Moka (PMDB) e Simone Tebet, votaram a favor do impeachment de Dilma Rousseff, mas não seguiram orientação do presidente do Senado, Renan Calheiros, para garantir seus direitos políticos. 

Dos três senadores sul-mato-grossenses, a mais próxima de Renan é Simone. Na imagem transmitida ontem pela TV Senado, quando Renan anunciou a concordância pelo fatiamento da votação, levantou a Constituição e anunciou, inusitadamente, seu voto, Simone mostrou-se surpresa e esboçou um leve sorriso de malícia. 

O fato é que o assunto se tornará controverso daqui pra frente. E os três senadores do Estado estarão livre dessa cobrança específica de seus eleitores, ou seja, dar salvo conduto a Dilma para fazer proselitismo político em todo o País, assumir cargo público para garantir foro privilegiado e ficar longe das garras do juiz Sérgio Moro. 


Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.