Raquel Naveira (Campo Grande, 1957). Poetisa navegadora. Nas suas mãos as palavras rezam. Suas vozes se multiplicam nas múltiplas imagens...

Raquel Naveira: Líbano

/
0 Comentários

Raquel Naveira (Campo Grande, 1957). Poetisa navegadora. Nas suas mãos as palavras rezam. Suas vozes se multiplicam nas múltiplas imagens que a sua produção incessante nos enovela. Ela insiste. Ela luta. Ela segue em frente, fazendo dos versos elegantes e suaves seu modo de oração. Ave Raquel. Salve Naveira. Nossos dias se iluminam com a poesia que entalha em nossas almas.



Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.