Carlos Drummond de Andrade se agora vivesse talvez soubesse: Minas não há mais. E diria:" E como eu palmilhasse vagamente uma estrad...

Drummond: máquina do mundo

/
0 Comentários

Carlos Drummond de Andrade se agora vivesse talvez soubesse: Minas não há mais. E diria:" E como eu palmilhasse vagamente uma estrada de Minas, pedregosa (...) a máquina do mundo se entreabriu para quem de a romper já esquivava e só de o ter pensado se carpia".

E agora, José?




Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.