O Marido da Ester Voltou do trabalho mais cedo, jogou o paletó no sofá, gritou "Ester", e a Ester não apareceu. Gritou de no...

Pedro Mattar: Humanos Diversos

/
0 Comentários


O Marido da Ester

Voltou do trabalho mais cedo, jogou o paletó no sofá, gritou "Ester", e a Ester não apareceu. Gritou de novo, nada. Mais uma vez e a Ester veio do quarto, vestia robe desarranjado, cabelos agitados, cheirava dúvidas e tinha alvoroço no olhar. Você não disse que ia voltar mais tarde, perguntou ela. Ele, estático no meio da sala e processando ideias. Demorou algum tempo pra responder. Dai disse: ô meu bem, desconsidere esta minha chegada. Pegou o paletó, vestiu, deu um beijinho rápido na mulher e saiu sem olhar pra trás. Se tinha alguma dúvida deve ter levado com ele.




Pensata

Meu olhar decide barbaridades, consciente de que o foco do que vejo, na maioria das vezes, está no que não consigo enxergar.



Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.