Membros das Comissões da OAB-MS que estiveram visitando a região de Caarapó voltaram “perplexos” com o nível de violência da comunidade i...

Comissões da Ordem ficaram “perplexas” com a violência dos índios

/
0 Comentários

Membros das Comissões da OAB-MS que estiveram visitando a região de Caarapó voltaram “perplexos” com o nível de violência da comunidade indígena.

O relato mais dramático foi quando índios prenderam, amarraram e encharcaram com gasolina três policiais militares, que dirigiam ao centro do conflito para apaziguar a situação, juntamente com o Corpo de Bombeiros do Município. Foram pela intervenção de um pastor evangélico.

As Comissões foram formadas pelos seguintes advogados: Gabriel Affonso de Barros Marinho (Coordenador das Comissões da OAB-MS), Christopher Pinho Scapinelli (Coordenador da Comissão dos Direitos Humanos – CDH/OAB-MS) e Rodrigo Koei Inouye, Gerson Dussel Oliveira e João Magno Nogueira Porto ( Comissão Permanente de Assuntos Indígenas - COPAI/OAB-MS).
Durante a visita as Comissões ouviram a Polícia Militar, Polícia Federal, Força Nacional, Ministério Público Federal, antropólogos, produtores rurais e lideranças indígenas.



Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.