Você quer ler um livro fundamental para dar um giro de 360 graus em sua cabecinha? Leia “A Virada – o nascimento do mundo moderno” (Steph...

A Virada: livro fundamental para se saber em que mundo vivemos

/
0 Comentários

Você quer ler um livro fundamental para dar um giro de 360 graus em sua cabecinha? Leia “A Virada – o nascimento do mundo moderno” (Stephen Greenblatt, vencedor do prêmio pulitzer 2012, Companhia das Letras). Trata-se de obra que altera nossa percepção de vida, mostrando como a descoberta de um livro (e sua difusão) transformou a história do pensamento humano.

O livro é De Rerum Natura (Sobre a Natureza das Coisas), de Lucrécio, cuja única cópia ficou escondida mais de mil anos num mosteiro suíço, até ser descoberta, num golpe de sorte, por um italiano caçador de antiguidades, Poggio Bracciolini, em 1417, causando grande sensação intelectual a partir de sua paulatina e gradual divulgação.
Sem De Rerum é provável que não houvesse filosofia moderna. O Renascimento seria outra coisa. Não existiria Spinoza, Hegel, Marx etc. É provável que não existisse ciência moderna.
Escreve Greenblatt: “Da Natureza não é uma leitura fácil. Totalizando 7400 versos, o poema está escrito em hexâmetros, o verso branco padrão, com seis acentos internos, em que poetas latinos com o Virgílio e Ovídio, imitando o grego homérico, escreveram sua poesia épica.”
Mas isso não deve intimidar os leitores. O historiador americano facilita a nossa vida traduzindo a obra do poeta epicurista, nascido provavelmente em Roma, em 99 A.C..O texto mais parece um romance do que um livro de história.
Lucrécio foi o cara que sacou a existência das partículas elementares e seus movimentos no infinito; que defendeu um ateísmo radical, mostrando que a natureza experimenta incessantemente e nós somos frutos dessa experiência seletiva. Mais: a sociedade humana começou não como uma era dourada de tranqüilidade e abundância, mas como uma batalha primitiva pela sobrevivência.





Posts Relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.